Epístola a Tito Exegese Márcio Trindade Márcio Trindade

Epístola a Tito: Exegese Verso 1:6 – As Qualificações do Pastor

V.6 – alguém que seja irrepreensível, marido de uma só mulher, que tenha filhos crentes que não são acusados de dissolução, nem são insubordinados.

Alguém que seja – esta indicando alguém que é , um fato. Aqui nós temos uma declaração positiva e não uma possibilidade. Irrepreensível – esta é uma das qualificações muito importante para aqueles que serão estabelecidos como presbíteros, esta palavra é formada de a – partícula que nega ( negativo) + en – prep. que indica : dentro de,em + kalew – chamar ,apontar, convidar. Isto resulta em : aquele que não pode ser chamado a presença de alguém para responder alguma acusação, ou por alguém que lhe aponte o dedo para acusá-lo ( não injustamente, mas com base em fatos) ser irrepreensível ou inculpável envolve não permanecer no erro.

Insira Seu Email e Receba Grátis Todas as Atualizações Deste Site!

100% livre de spam.

Marido de uma só mulher – Nós temos aqui um ponto de bastante polêmica e de vários pontos de vistas. Neste ponto há algumas interpretações:

  1. Que seja casado.
  2. Que tenha uma única mulher por vez, mas tornando-se livre para casar-se novamente se a sua esposa falecer.
  3. Que ele tenha uma única mulher na vida mesmo que esta venha a falecer.

É interessante nós falarmos que Paulo não combate a poligamia ou bigamia e a Bíblia não nega o fato de se possuir uma segunda núpcias, mas no sentido ministerial referindo-se ao presbítero é diferente, pois aqui há uma comparação muito bonita, importante e séria para ser aplicada Cristo e a Igreja, Sua única noiva com a qual se unirá para sempre.

No caso dos três pontos de vistas apresentados descarto logo o primeiro, pois, a Bíblia diz “uma só mulher”. O segundo ponto é muito aceito, mas para mim não é o melhor, pois o grego não trás nenhum artigo, indicando ser uma qualidade de vida, ou uma característica essencial de alguém.  Portanto durante toda a sua vida ele deve possuir uma única mulher.

Que tenha filhos crentes – Isto não significa que ele tenha que ter filhos, mas que tendo filhos, sejam crentes = tementes a Deus e respeitosos aos pais. Os filhos uma vez tendo a capacidade de compreensão devem ser levados a uma conversão verdadeira. Joga sobre o presbítero uma grande responsabilidade de evangelizar, ensinar os seus filhos (a) no caminho do Senhor e orar pela sua conversão. É bom colocarmos aqui que não está fora da responsabilidade da mãe que passa a maior parte com os (o) filhos, e devido a isto o inimigo tem levado as mães para fora dos lares. Os filhos dos presbíteros devem entender que fazem parte do ministério do pai o mais cedo possível. Que não são acusados de dissolução – Que não são encontrados em ambientes de dissolução, dando motivo para serem acusados de algum tipo de pecado. O ”não” aqui indica sobre “hipótese alguma”, ou seja, de nenhum modo podem ser encontrados na roda dos escarnecedores ou ambientes das pessoas mundanas. Exige aqui responsabilidade e a autoridade do pai. Nem são insubordinados –   No original não aparece o artigo indicando aqui ser uma qualidade. Insubordinado indica aquele que não quer permanecer na fila ou em ordem, não quer permanecer sob o controle. O presbítero tem como necessidade trazer o seu filho (a) sob disciplina e a Bíblia ensina como proceder dentro dos padrões de Deus. Os filhos, quando debaixo da tutela do pai, aqui o “presbítero”, fora destas circunstâncias, desqualifica o ministério do seu pai.

Cadastre-se no site para receber a sequência desta exegese!

Pr. Márcio Trindade

Sobre o autor | Website

Márcio Trindade é Pastor Batista e Professor. Casado, pai de três filhos. Bacharel, Pós-Graduado e Mestre em Teologia com ênfase em Exposição Bíblica.

Insira Seu Email e Receba Grátis Todas as Atualizações Deste Site!

100% livre de spam.